você está saindo daqui porque VOCÊ quer, não porque a gente quer.

foi nesse momento que eu percebi o tamanho da decisão que eu tinha tomado. estava deixando pra trás as assessorias, os emails, os faxes, os rec’s, as fitas, as pautas, os motoristas, os offs, as notas, o arquivo e até aquele mouse imbecil que cismava em confundir a função dos botões. querendo ou não, eu já me sentia parte daquela bancanda que teimava em amontoar papéis, restos de comida e copos com o que sobrou da água.

foi a hora de ter noção das coisas. mas se em algum momento eu decidi que era hora de assinar o tal “desligamento”, provavelmente eu sabia que isso era melhor pra mim. e vai ter que ser.

menos dinheiro, mais trabalho, mais estudo.

o que não me impede de sentir falta das coisas e das coisinhas. carol um, carol dois, carol três, alessandra, romualdo, mari e adjacências: vou demorar muitas tardes pra me acostumar a viver sem vocês. muitas muitas tardes.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s